Ir para o conteúdo principal

Treinamento ajuda que trabalhadores quenianos sejam ouvidos no planejamento do BRT

10 Jul 2019

Trabalhadores de três sindicatos de Nairóbi participaram de uma oficina da ITF sobre habilidades de comunicação enquanto buscam influenciar os planos do governo de fazer o BRT.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes (TAWU), o Sindicato dos Trabalhadores do Matatu (MWU) e o Sindicato dos Operadores do Transporte Público (PUTON) têm trabalhado juntos para fazer ouvir suas reivindicações quanto ao BRT, o que inclui uma recente marcha por Nairobi.

O treinamento cobriu habilidades de comunicação que vinham sendo pauta de reivindicação dos sindicatos:

  • Escrita e divulgação de boletim de imprensa
  • Técnicas de entrevista em televisão
  • Planos de estratégia de comunicação
  • Entendimento da mídia queniana

A oficina incluiu a apresentação de uma consultora de mídia do Quênia, Emily Manjeru, e sessões práticas conduzidas pela equipe de comunicações da ITF.

Joseph Ndiritu, do PUTON, participou do treinamento: “Graças a este treinamento, farei mais contato com a mídia, e me sentirei mais confiante para assumir mais os riscos de dar entrevistas. No todo, me deu mais conhecimento sobre como fazer notar nossos pontos de vista.”

O trabalho da ITF com os sindicatos do BRT é parcialmente financiado pelo sindicato sueco SEKO e pela Union To Union. Jens Saverstam, do SEKO, comentou a oficina: “Está claro que os trabalhadores aqui estão trabalhando juntos e bem e que, gradualmente, o governo está tomando nota de suas reivindicações. É inspirador ver o que eles estão alcançando.”

Um relatório comissionado pela ITF demonstra que a implementação do BRT terá um impacto massivo sobre aqueles que trabalham no transporte público informal de Nairóbi.
 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.