Ir para o conteúdo principal

Notícia de última hora: Trabalhadores formam novo sindicato de ferroviários e metroviários em Banguecoque

18 Feb 2020
Comunicado à imprensa

Banguecoque presenciou hoje um momento histórico com o lançamento de um novo sindicato dos trabalhadores.

Trabalhadores do sistema de trens e de metrô da cidade uniram-se para formar o Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes do Metrô e das Ferrovias (MRTU) e realizaram sua primeira reunião geral nos escritórios do Sindicato dos Trabalhadores das Ferrovias Estatais da Tailândia (SRUT).

O MRTU representa os trabalhadores da Companhia Siemens de Mobilidade da Tailândia, e tem o apoio do sindicato dos trabalhadores da Siemens na Alemanha.

Suporn Larsuprom é um trabalhador dos trilhos da Companhia Siemens de Mobilidade da Tailândia e é presidente do MRTU: “Percebemos que formar um sindicato dos trabalhadores não é fácil, mas todos daremos o nosso melhor, porque sabemos que é a coisa certa a fazer por todos aqueles que trabalham na companhia. É um direito nosso fazer isto e nós não iremos desistir. Com o apoio da ITF e da IG Metall, seremos bem-sucedidos.”

Em carta ao MRTU, representantes do conselho supervisor da Siemens e do sindicato alemão de metalúrgicos IG Metall disseram: “Apoiamos a introdução de representação sindical nas instalações da Siemens na Tailândia e faremos o que estiver ao nosso alcance para proteger o sindicato de interferências antissindicais por parte da companhia.”

O secretário geral da ITF, Stephen Cotton, saudou o lançamento do MRTU: “Todos têm o direito a um bom emprego, de forma a prover apoio aos seus entes queridos. É com essa intenção que esses trabalhadores agora podem lutar através do sindicato. Parabéns a eles por formarem o MRTU e bem-vindos à família da ITF – nos faremos presentes para prover apoio e solidariedade.

“Todos temos direito a cidades mais limpas e seguras e o transporte público é uma parte grande disso tudo. É ótimo que tantas cidades na região de Ásia-Pacífico estejam investindo em sistemas de metrô. Mas agora os empregos criados devem permitir que as pessoas sustentem suas famílias e desfrutem de suas vidas. A melhor maneira de assegurar isto para os trabalhadores é organizando-se em sindicatos e defendendo seus direitos.”

The MRTU members were joined by trade union activists from South Korea, India and New Zealand

A os membros do MRTU juntaram-se ativistas sindicais de Coreia do Sul, Índia e Nova Zelândia

FIM

HISTÓRICO: A Siemens apoia os princípios da Organização Internacional do Trabalho (OIT), incluindo o direito de os empregados terem liberdade de associação, e assinou um acordo marco internacional com o IndustriALL Global Union para proteger os interesses dos trabalhadores ao longo de todas suas operações.

A ITF tem pressionado o governo tailandês para melhorar a sua marca de precariedade de direitos trabalhistas, conforme demonstrado por casos envolvendo o SRUT e o sindicato TG.

A ITF reivindica que o governo tailandês:

  • sacralize em sua legislação princípios internacionais já aceitos de liberdade de associação definidos pelas convenções 87 e 98 da OIT.
  • assegure que os trabalhadores migrantes tenham plenos direitos para organizar-se e negociar coletivamente.

O PROGRAMA NOSSO TRANSPORTE PÚBLICO DA ITF (NTP): O NTP está ativamente fazendo campanha para assegurar empregos e direitos sindicais para trabalhadores de empregadores privados e públicos. No cerne do programa estão diversos sindicatos de trabalhadores que representam os trabalhadores do transporte público em cada região do mundo. O programa funciona em cidades-alvos para fortalecer a voz dos trabalhadores; faz campanha para melhorar as condições de trabalho para todos os trabalhadores e usuários do transporte público, em particular mulheres e trabalhadores do transporte informal; e está desenvolvendo uma Política Popular de Transporte Público: www.ourpublictransport.org

 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.