Ir para o conteúdo principal

ITF comemora vitória de Lula na eleição brasileira

03 Nov 2022
Credit: Ricardo Stuckert

Com mais de 60 milhões de votos, o candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito presidente da República. O presidente eleito começará seu terceiro mandato como presidente do país em 1 de janeiro de 2023.

"Vamos viver novos tempos de paz, amor e esperança", disse Lula em seu discurso de vitória. Eles tentaram me enterrar vivo...  e agora estou aqui para governar o país, é uma situação muito difícil, mas tenho certeza de que com a ajuda do povo encontraremos uma saída e restauraremos a paz."

Lula é a figura central na política brasileira há mais de três décadas. Depois de servir como líder do sindicato dos metalúrgicos em São Paulo na década de 1970, liderando uma greve histórica durante a ditadura militar, Lula foi fundamental na fundação do Partido dos Trabalhadores junto com outros sindicalistas, intelectuais e políticos.

Sua vitória representa um retorno histórico depois de servir como o primeiro presidente da classe trabalhadora por dois mandatos entre 2003 e 2010 e após perseguição política que o acusou e condenou por corrupção. Em março de 2021, suas condenações foram anuladas pelo STF, abrindo o caminho para Lula concorrer à presidência em 2022.

Durante sua campanha, Lula expressou seu desejo de adotar uma nova legislação trabalhista baseada na negociação tripartite que restaure os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, fortalecer a negociação coletiva, a representação sindical e prestar atenção especial aos trabalhadores e trabalhadoras na economia informal.

Parabenizamos aos nossos filiados brasileiros que apoiaram a campanha de Lula e que continuam defendendo os direitos das trabalhadoras e trabalhadores brasileiros do transporte e pelos valores democráticos que estão no núcleo do nosso movimento.

"Sindicalistas de todo o mundo celebrarão a vitória de Lula", disse o presidente da ITF, Paddy Crumlin. "Estamos com nossas companheiras e companheiros brasileiros apoiando Lula e o movimento trabalhista no Brasil, para reconstruir e unir uma nação que foi amargamente danificada e dividida por Bolsonaro e suas políticas populistas de extrema-direita."

Lula declarou que sua prioridade número um é aliviar a pobreza incapacitante que levou 33 milhões de brasileiros a enfrentar a fome e mais de 100 milhões a viver abaixo da linha da pobreza. Sua liderança renovada para restaurar a justiça social, ambiental e econômica, e construir uma economia em torno da igualdade em vez da cobiça, garantirá que dezenas de milhões de pessoas estejam melhor.

Stephen Cotton, secretário-geral da ITF, disse: "Hoje se marca um novo capítulo para o Brasil. Celebramos a vitória de Lula e esperamos que sua liderança cure as divisões que fraturaram o coração da nação. Esperamos trabalhar com nossos sindicatos afiliados para construir um futuro mais igualitário e sustentável para o Brasil e para avançar nos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do transporte não só no Brasil, mas em toda a região."

Edgar Diaz, secretário regional da ITF Américas, comentou: "Celebramos a vitória de Lula. Estamos convencidos de que os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil e de toda a região se beneficiarão com o retorno de Lula à presidência. Não será uma tarefa fácil para o seu governo, mas estamos confiantes de que os interesses da ITF e de nossos afiliados, bem como do movimento sindical internacional, para manter e fortalecer os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras no Brasil e na região recuperarão o impulso após anos de ataques neoliberais."