Ir para o conteúdo principal

Estudo descobre que os níveis de estresse mental no mar são perigosamente altos

03 Dec 2019

Um estudo de amplo alcance feito pela Universidade Yale – encomendado pelo Fundo da ITF para os Marítimos – detectou níveis perigosamente altos de estresse mental entre os marítimos, e indicou como isso pode ser reduzido.

O estudo entrevistou 1.572 marítimos representando marítimos na ativa e de diferentes posições no mundo todo, de uma variedade de embarcações e bandeiras. Descobriu-se que nas duas semanas anteriores à enquete:

  • 20 por cento haviam considerado suicídio ou infligir dano a si mesmos
  • 25 por cento haviam experimentado depressão
  • 17 por cento haviam experimentado ansiedade

O estudo também descobriu uma ligação entre a precariedade de saúde mental e uma maior propensão de sofrer lesões ou ficar doente a bordo. As possíveis causas identificadas pelo estudo incluem falta de treinamento adequado, exposição a violência ou ameaças de violência e pouca satisfação com o trabalho, entre outros fatores.

A fim de enfrentar a crise de saúde mental no mar, o estudo segue adiante e recomenda:

  • Melhora do apoio dado aos cadetes, com treinamento apropriado e a melhora dos procedimentos de queixa
  • Esforços para desestigmatizar a saúde mental na cultura das empresas
  • Trabalho para reconhecer e intervir de forma a abordar a violência no local de trabalho

Dave Heindel, presidente do Fundo dos Marítimos e da Seção dos Marítimos da ITF, comentou: “Quanto mais falarmos de saúde mental, mais reduziremos o estigma associado a ela. Este relatório nos ajuda a entender os fatores que contribuem e provê uma base para reivindicar algumas mudanças fundamentais na maneira como opera a indústria da navegação.

“Isto deve ser entendido como um chamado para todos agirem na indústria da navegação. De nossa parte, a ITF e seus afiliados irão compartilhar esses achados  o mais amplamente possível para atrair atenção a este problema – bem como usá-los para fazer lobby perante a indústria para que haja mudanças sistêmicas no ambiente de trabalho a bordo dos navios.”

O relatório está disponível aqui.

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.