Ir para o conteúdo principal

Entregadores belgas da Deliveroo clamam por justiça

24 Jun 2019

Após o Fórum dos entregadores da ITF, de 28 a 29 de maio, em Londres, o grupo belga Collectif des coursier-e-s / KoeriersCollectief foi às ruas exigindo que se fizesse justiça com os entregadores da Deliveroo. Eles tiveram o apoio do sindicato ABVV-BTB, afiliado à ITF.

"A Deliveroo pensa que está acima da lei," disse Steven Steyaert, do ABVV-BTB. "Estamos fazendo campanha contra o abuso e queremos negociar com a Deliveroo, de forma a acordar que os couriers possam escolher seu próprio contrato e ter tudo que precisarem para fazer o seu trabalho, a exemplo de bicicletas ou celulares.”

Centenas de entregadores protestaram ao redor do mundo reivindicando seus direitos. Em diversos países foram abertos processos na Justiça para definir que condições de trabalho eles devem ter.

A ITF continua apoiando todos os seus afiliados que estiverem engajados na luta para prover melhores condições aos entregadores e responsabilizar os empregadores.

Baker Khundakji, representante da ITF para a juventude que trabalha em transportes, comentou após o fórum dos entregadores: “Os trabalhadores jovens estão sendo afetados desproporcionalmente pelo emprego precário, e precisamos voltar o nosso foco para essas novas áreas da economia, onde a exploração tem sido a norma. Com os entregadores enfrentando desafios similares além das fronteiras nacionais, a ITF se compromete a trabalhar junto com os sindicatos para coordenar uma resposta transnacional à economia ‘gig’. Cada condutor tem direito a condições de trabalho decentes, cada conductor devem ser um #UnionRider.”

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.