Ir para o conteúdo principal

Dia Mundial do Turismo para lembrar aos governos que dobrem os esforços para recuperação da Covid

29 Sep 2021
Crédito da foto: Heather M. Edwards

A pandemia de Covid-19 eliminou quase 20% dos empregos em viagens e turismo no mundo inteiro, um lembrete para refletirmos no Dia Mundial de Turismo deste ano, e um lembrete desagradável para os governos dobrarem os esforços para uma recuperação rápida da crise.

Para uma indústria que é responsável por cerca de um em cada quatro empregos em todo o mundo, esse é um número perturbador. Principalmente para as mulheres que compõem 54% do setor de turismo e são empregadas de forma desproporcional nos setores mais atingidos da indústria. Sem uma resposta rápida e coordenada à crise, isso só vai piorar.

A pandemia eliminou quase 50% da contribuição da indústria para o PIB global em 2020. Antes da crise, a indústria gerava cerca de 10% do PIB global e mais de 300 milhões de empregos em todo o mundo. Mais de 60 milhões de empregos desapareceram em 2020 e outros milhões estão em risco enquanto os governos começam a diminuir os programas de apoio à renda e ao emprego.

A recuperação da indústria mundial do turismo depende de uma resposta rápida por parte dos líderes globais, incluindo uma campanha de vacinação mundial agressiva, protocolos de viagem harmonizados e rigorosas proteções de saúde e segurança.

A supressão mundial do vírus será a chave para a recuperação do turismo. O FMI alerta que a emergência de novas variantes poderia eliminar 4,5 trilhões do PIB global até 2025. Outra crise econômica, desencadeada pela resposta inadequada à pandemia, causará mais estragos nessa indústria já devastada.

“O impacto desta pandemia não só é devastador para os trabalhadores da indústria, mas para o desenvolvimento de economias inteiras em todo o mundo”, disse David Massiah, presidente da Seção de Turismo da ITF.

Os governos precisam urgentemente trabalhar juntos para achar uma saída para esta pandemia. Já existem mecanismos para isso: a OMS, a OIT e a OACI já traçaram os mapas da recuperação. Agora, os governos precisam se reunir e efetivamente implementá-los”, disse Massiah.

Reconstruir a confiança no setor de viagens será fundamental para a recuperação da indústria no mundo pós-pandemia. Isso dependerá muito de como os trabalhadores em turismo estarão equipados para facilitar as novas realidades da indústria de viagens e turismo. Garantir que os trabalhadores em turismo tenham acesso a vacinas, normas rígidas de saúde e segurança e oportunidades de requalificação para navegar na transformação digital ocorrendo na indústria serão fundamentais para garantir que os passageiros sejam recebidos por uma força de trabalho e uma indústria confiantes e seguras.

“Pessoas e economias demais dependem da indústria do turismo para virarmos as costas para ela. Os governos devem trabalhar juntos para assegurar que as pessoas possam começar a viajar novamente. E devem trabalhar com os empregadores e sindicatos para garantir que a indústria do turismo pós-pandemia possa mais uma vez facilitar as viagens e turismo com confiança”, disse Massiah.