Ir para o conteúdo principal

Controladores de voo colombianos alertam quanto a escassez de pessoal

12 Nov 2019

A ACDECTA (Asociación Colombiana de Controladores Aéreos) , afiliada à ITF, está reivindicando que o governo contrate e treine mais controladores de voo, devido ao aumento da carga de trabalho que está pondo em risco a segurança das operações aéreas no país.

De acordo com a ACDECTA, o aumento de operações aéreas está obrigando os controladores de voo a terem expedientes de 12 horas, quando o certo seria trabalharem seis horas. Isto levou a um aumento dos níveis de fadiga, forçando os trabalhadores a tirarem licenças médicas, o que termina aumentando posteriormente as horas de trabalho para compensar a licença.

O sindicato também está alertando que nos anos próximos um grande número de trabalhadores irá se aposentar, e que o novo pessoal precisará receber o treinamento adequado e a experiência para substitui-los, dado que este é um dos trabalhos mais complicados da aviação.

O secretário da seção de aviação civil da ITF, Gabriel Mocho Rodríguez, comentou: “A aviação civil continua crescendo e requer que a ITF erga sua voz nas organizações de aviação civil para aumentar as condições de trabalho e de segurança para todos os aeroviários, no mundo todo.”

Edgar Díaz, secretário regional interino da ITF Américas, acrescentou: “Este é um problema muito importante, o qual o governo colombiano deve priorizar, porque implica a segurança de milhares de passageiros da indústria da aviação, que constantemente cresce. A ITF e os seus afiliados estarão lutando juntos por uma indústria da aviação segura e efetiva e por condições de trabalho justas.”

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.