Ir para o conteúdo principal

Sindicato do Chile fornece comida para trabalhadores em protesto contra LATAM

23 Feb 2016
Um sindicato entregou lanches aos trabalhadores da LAN durante o seu turno no aeroporto de Santiago, Chile, para chamar a atenção da população para a forma como a empresa trata seus aeroportuários.

O Sindicato dos Aeroportuários (Sindilanex) declarou que os aeroportuários da LAN (parte do grupo LATAM de companhias aéreas) ficam até seis horas sem comer, têm jornadas abusivas e trabalham com excess de estagiários, que recebem menos de um terço do salário dos trabalhadores qualificados, o que segundo o sindicato, causa um estresse que tanto ameaça a saúde dos trabalhadores como apresenta riscos para a segurança de voo.

Não são medidas isoladas e fazem parte de programas de redução de custos e de implementação de escritórios remotos em toda a região, segundo o Sindilanex, que cita um novo sistema de manutenção que leva à redução de um número significativo de técnicos e despachantes de voo; críticos para a tripulação e segurança dos passageiros. Segundo o sindicato, no Equador, a tripulação é obrigada a trabalhar mais de um turno por dia, violando o acordo nacional sobre tempo mínimo de descanso.

O sindicato entregou sacos sacos com suco, barras de cereais, amendoim e doces para dezenas de funcionários da LAN na manhã do dia 12 de Fevereiro.

Roberto Lucero, presidente do Sindilanex, disse: "Essa ação dos nossos colegas no aeroporto demonstra o quanto estamos preocupados com a série de medidas tomadas pela LAN que está afetando a saúde e os direitos dos nossos trabalhadores."

O secretário de aviação civil da ITF, Gabriel Mocho, comentou que a ação foi apenas o mais recente protesto contra o tratamento da LATAM a seus trabalhadores na região, na sequência de greves realizadas no Brasil e na Argentina e dos planos de ação na Colômbia.

Ele voltou a exortar a empresa para que, de uma vez por todas, aceite a oferta de diálogo dos sindicatos de dialogar com o grupo global de sindicatos da LATAM sobre questões sociais para evitar disputas, a qual foi ignorada até o presente.

Demonstre seu apoio aos trabalhadores da LATAM no Facebook e no Twitter.

Fique a par dos últimos desdobramentos do setor no blogue da aviação ITF.

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.