Ir para o conteúdo principal

IRU/ITF: apoio ao transporte rodoviário é essencial para salvaguardar uma economia global saudável

14 Apr 2020
Comunicado à imprensa

O Sindicato Internacional do Transporte Rodoviário (IRU) e a Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF) emitiram uma declaração conjunta conclamando o apoio dos governos e dos órgãos internacionais para assegurar que as cadeias internacionais de suprimento e mobilidade permaneçam conectadas durante a pandemia de Covid-19.

A declaração define as demandas-chaves do setor do transporte rodoviário e clama por imediata ação para reconhecer as importantes contribuições à sociedade feitas pelos trabalhadores e empresas de transportes, e o papel vital do setor na resposta à crise do coronavírus e sua superação.

O transporte rodoviário por caminhão ou ônibus forma parte essencial de uma economia mundial em bom funcionamento.

IRU e ITF, portanto, clamam por imediata ação para:

  • Designar o transporte rodoviário como serviço-chave
  • Reconhecer o papel vital desempenhado pelos motoristas comerciais
  • Tratar e proteger os trabalhadores dos transportes como trabalhadores-chave durante a resposta à Covid-19
  • Garantir a segurança e o bem-estar dos motoristas através da logística transfronteiriça
  • Oferecer ajuda governamental prioritária para empresas pequenas e médias do transporte rodoviário (SMEs)
  • Reivindicar tratamento e condições de trabalho respeitosos para motoristas por parte de clientes, despachantes de carga e demais autoridades

De maneira crucial, o IRU  e  a ITF conclamam os órgãos nacionais, regionais e internacionais a se planejarem com antecedência e proverem assistência financeira à indústria do transporte rodoviário, em particular às pequenas e médias empresas – a fim de apoiar a continuidade e a resiliência das cadeias de suprimento e mobilidade.

O papel do transporte rodoviário em garantir viabilidade econômica e continuidade é essencial e deve ser reconhecido como tal nos níveis nacional e internacional por meio de ações concretas que apoiem o sucesso atual e futuro da indústria.

Umberto de Pretto, secretário geral do IRU, comentou: “A pandemia de Covid-19 jogou os holofotes sobre o transporte rodoviário, mostrando mais uma vez o papel indispensável das companhias de transporte rodoviário e dos seus trabalhadores na movimentação de bens essenciais. O apoio à continuidade e à resiliência das cadeias de suprimento e mobilidade e a designação do transporte rodoviário como um serviço-chave devem ser priorizados pelos governos e os organismos internacionais, de forma a ajudar na resposta à crise e posterior recuperação da economia.”

Stephen Cotton, secretário geral da ITF, disse: “Os motoristas são o fator mais importante mantendo em andamento a indústria do transporte rodoviário. Coletivamente, IRU e ITF estão conclamando os governos a reconhecer os motoristas como trabalhadores cruciais e garantir-lhes as mesmas proteções dadas a outros prestadores de serviços vitais nessa resposta à Covid-19. A proteção da viabilidade das empresas, da saúde, da renda e dos empregos dos motoristas é fundamental para atravessar a pandemia.”

 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.