Ir para o conteúdo principal

Dia Internacional da Juventude de 2019

12 Aug 2019

Hoje celebramos o poder dos jovens trabalhadores em todo o mundo. Os jovens estão na vanguarda de todos os movimentos que estão transformando o trabalho, a política, a economia, a sociedade e o próprio sindicalismo. Estamos em um período de grande luta, e os jovens são os únicos que podem nos levar a um futuro melhor.

Dois a cada três jovens na economia em desenvolvimento estão sem trabalho formal e sem educação. 70% dos migrantes internacionais têm menos de trinta anos. Entre 2019 até 2030, 26 milhões de jovens terminarão a educação e precisarão de emprego. Novas tecnologias também entrarão nesses locais de trabalho. Estamos conduzindo pesquisas sobre como podemos garantir trabalho decente para os jovens nesta nova economia global.

Nós exigimos educação, aprendizados, habilidades, empregos, segurança e futuro para os jovens trabalhadores porque eles merecem. Fazemos esta exigência lado a lado com os nossos irmãos e irmãs da Federação Europeia dos Trabalhadores em Transportes (ETF), da Confederação Sindical Internacional (CSI), da Confederação Europeia de Sindicatos (CES), da Internacional da Educação (IE), da Internacional de Serviços Públicos (ISP), da União Internacional das Associações de Trabalhadores da Alimentação, Agricultura, Hotelaria, Restauração, Catering, Tabaco e Afins (UITA) e da Federação Europeia dos Trabalhadores da Construção e da Madeira (FETCM).

Feliz Dia Internacional da Juventude da ITF e dos 19 milhões de trabalhadores de transporte em todo o mundo que representamos.

Stephen Cotton, secretário geral da ITF

Dia Internacional da Juventude de 2019

Nós, o movimento juvenil sindical global, estamos juntos para celebrar o Dia Internacional da Juventude de 2019 e enviar uma mensagem aos jovens trabalhadores de hoje e de amanhã, e àqueles que detêm e exercem poder dentro e fora do mundo do trabalho.

O tema do Dia Internacional da Juventude de 2019 é “Transformar a educação”.

A educação é um direito humano capacitador e um bem público com o potencial de transformar a vida de indivíduos, comunidades e países inteiros. No entanto, sabemos, pelo movimento sindical global de educação, que o mundo está completamente fora do caminho e não conseguirá atingir o Objetivo 4 (sobre educação pública de qualidade) da agenda de desenvolvimento sustentável até o prazo de 2030.

Como os trabalhadores jovens representados nos movimentos sindicais globais entre setores, exigimos o acesso equitativo e inclusivo a:

  • Educação pública de qualidade universal que seja livre, equitativa, não discriminatória, inclusiva e acessível a todos os grupos vulneráveis, com currículos holísticos e abrangentes que incluam um enfoque nas alterações climáticas, bem como oportunidades de aprendizagem ao longo da vida;
  • Educadores bem treinados e ambientes de aprendizagem de qualidade que estejam livres de violência e assédio, e nos quais educadores - incluindo jovens educadores - tenham garantidas condições decentes de trabalho e emprego, incluindo acesso a desenvolvimento profissional contínuo.

A geração de jovens de hoje é a maior da história. No entanto, com demasiada frequência, em todo o mundo, as oportunidades para os jovens se envolverem política, econômica e socialmente são constantemente limitadas e minadas.

Globalmente, a exclusão econômica e o desemprego entre os jovens continuam sendo apenas dois dos principais desafios que enfrentamos. Dois a cada três jovens na economia em desenvolvimento estão sem trabalho, não estão estudando ou estão engajados em empregos irregulares / informais. Além disso, nos chamados países desenvolvidos, eles também estão freqüentemente presos em empregos temporários, ou trabalhando sob contratos precários, ou em aprendizados não remunerados e ilegais, ou no chamado “autoemprego”.

Como os trabalhadores jovens representados nos movimentos sindicais globais entre setores, nós exigimos acesso equitativo e inclusivo a:

  • Sistemas e programas de aprendizagem de qualidade que cumprem as leis e acordos coletivos, proporcionam um salário digno e cobertura padrão de proteção social;
  • Empregos de qualidade que garantam um bom salário decente, segurança no emprego padrão e acesso a proteções sociais, boas condições de trabalho em locais de trabalho seguros e saudáveis, com bom equilíbrio entre vida profissional e pessoal, e representação sindical e direitos de barganha.

Jovens trabalhadores em muitas economias carecem de proteção social básica e são frequentemente sujeitos a práticas discriminatórias devido à sua pouca idade. Globalmente, os jovens trabalhadores estão sobre-representados em plataformas de emprego digitais que se caracterizam por condições precárias de trabalho e contribuem para a terceirização e a substituição de empregos de qualidade por empregos precários. Tais plataformas também levam a uma externalização da responsabilidade dos empregadores, uma diminuição na responsabilização, custos sociais mais elevados através de uma diminuição dos impostos e contribuições para a segurança social, bem como uma maior violação do direito laboral e dos direitos fundamentais como o direito de organizar e para negociar coletivamente.

Como os trabalhadores jovens representados nos movimentos sindicais globais entre setores, exigimos acesso equitativo e inclusivo a:

  • Apoiar as transições no âmbito do futuro do trabalho, da educação para o mundo do trabalho, para que os jovens sejam equipados com as habilidades básicas que lhes permitirão participar total e com sucesso no mundo do trabalho em rápida mudança;
  • Sindicatos democráticos com capacidade institucional sustentável, bem como organização, negociação e capacidade de campanha. Estes são fundamentais para fortalecer o poder coletivo dos jovens trabalhadores.

Nós ouvimos uma vez que a juventude de hoje traz grande liderança e resiliência - agora é a hora de mostrar isso!

Nós somos os Jovens Trabalhadores no Dia Internacional da Juventude de 2019.

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.