Ir para o conteúdo principal

Stephen Cotton

Secretário geral da ITF

Stephen Cotton é o secretário geral da Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF) – uma federação sindical global de 665 sindicatos, representando de 20 milhões de trabalhadores, em 147 países, nos setores marítimo, portuário, rodoviário, ferroviário e aeroviário. Ele foi reeleito para o cargo no 44º Congresso da ITF realizado em Cingapura em 2018.

Cotton se filiou à ITF em 1993 como chefe da unidade de acordos da Seção de Gente de Mar. Ele foi depois promovido a secretário assistente do Departamento Especial da Gente de Mar (SSD), secretário do SSD e coordenador marítimo antes de sua indicação como secretário geral atuante em outubro de 2012.

Sob a liderança de Cotton na Seção da Gente do Mar da ITF, houve conquistas significativas cujo impacto na indústria marítima foi positivo e melhorou as vidas da gente do mar. No seu mandato, a equipe de fiscais da ITF aumentou de 35 para 147 fiscais e contatos, e o número de navios cobertos por acordos coletivos da ITF aumentou de menos de 2.000 para mais de 12.000. Cotton supervisionou importantes mudanças de política com relação às Bandeiras de Conveniência (BdCs) e conduziu a introdução da política “De Oslo para Déli” e da política do “México”, que serviram de base para o marco que foi a assinatura, em 2006, da Convenção do Trabalho Marítimo da Organização Internacional do Trabalho, que estabeleceu um conjunto de padrões internacionais mínimos a serem aplicados pelo direito internacional.

Ao longo de sua carreira na ITF, Cotton trabalhou para melhorar as operações da ITF, concentrando-se em aumentar o poder dos filiados e agilizar as operações do secretariado, a fim de verdadeiramente fazer diferença nas vidas dos trabalhadores em transportes e influenciar os atores de ponta no setor de transportes. Sob a liderança de Cotton como secretário geral, a ITF se transformou numa organização proativa de realização de campanhas, permitindo à ITF e seus associados garantir contratos e protocolos de ponta na indústria, com empresas multinacionais de importância chave nos setores dos transportes, incluindo aviação, navegação e transporte rodoviário.

Em 2014, Cotton recebeu o prêmio Almirante do Mar Oceânico (AOTOS) do Serviço Unido dos Marinheiros (USS), o mais prestigiado prêmio da indústria marítima, em reconhecimento ao seu trabalho na defesa do bem-estar da gente do mar e do seu tratamento justo em todo o mundo.

Cotton é um curador do Fundo da Gente do Mar da ITF, do Fundo Internacional de Treinamento Marítimo, além de servir no comitê executivo do Serviço Unido dos Marinheiros.