Ir para o conteúdo principal

Este mundo é nosso também! Mulheres dos transportes presentes na conferência da ITF mandam mensagem poderosa

30 Nov 2017
Mulheres do mundo todo que trabalham em transportes fortaleceram seu compromisso com a justiça climática, o fim da violência contra as mulheres e um futuro com trabalho decente para as mulheres trabalhando em transportes durante uma conferência inovadora na semana passada.

Representantes de sindicatos da ITF reuniram-se em Marraqueche, Marrocos, para a conferência das mulheres do setor de transportes que acontece a cada 4 anos e que teve como anfitrião o sindicato UMT, da ITF. O evento foi o mais recente do calendário “O Caminho para o Congresso da ITF”, que visa a que cada seção, região e departamento da ITF se reúna para definir seu rumo e suas prioridades chaves na contagem regressiva para o Congresso da ITF a ser realizado em Cingapura no ano que vem.

A conferência enviou uma mensagem à COP23 – que acontecia ao mesmo tempo em Bonn, na Alemanha, clamando pelo desenvolvimento do transporte público para aprofundar a justiça climática e a igualdade de gênero. Saiba dos detalhes aqui

A marítima Jasmin Labarda, do AMOSUP das Filipinas, conduziu uma ação relacionada à segregação ocupacional com base em gênero nos locais de trabalho de transportes com o título de ‘Este mundo é nosso também!'. As delegadas postaram selfies usando a frase e convidaram as mulheres a não se sentirem desencorajadas a trabalhar no setor de transportes, seja diretamente, por causa das políticas de recrutamento e promoção vigentes, seja indiretamente, por causa de dispositivos abaixo do padrão ou de tratamento inaceitável dado às mulheres; obstáculos sistêmicos que caracterizam a cultura global dominante que diretores, autoridades, clientes e colegas mantêm.

Jasmine disse: "Há 17 anos que eu navego. Eu poderia ter parado e ter me satisfeito com minha própria careira e esquecido das outras marítimas. Mas ainda há muitas mulheres que desistem ou irão desistir de uma carreira no mar por causa da discriminação, do bullying e do assédio. Meu sonho é que as mulheres, ao pensar num emprego no mar, o considerem igualmente seguro e aberto para ambos os gêneros. "

"É 2017 e para mim chega desse negócio de me dizerem que eu trabalho num ambiente masculino. Este mundo também é nosso e nós definitivamente temos o poder de fazer que as coisas aconteçam!"

A contínua campanha da ITF para enfrentar a violência contra as mulheres nos locais de trabalho, lares e comunidades foi um dos focos principais da conferência, incluindo a pressão para conseguir uma nova convenção da OIT sobre violência e assédio contra mulheres e homens no mundo do trabalho. Saiba mais em: ITFendvaw.org

A cobertura ao vivo foi destaque em contas da mídia social mais de três milhões de vezes ao longo do evento. @ITF_Women

A próxima fase do calendário “Caminho para o Congresso da ITF” é a conferência das Américas, que tem início em 24 de novembro, em Cartagena, na Colômbia. Acompanhe os canais de mídia social ITFfacebook/ITFAmericas e @ITF_Americas no Twitter para saber as novidades do evento.

 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.