Ir para o conteúdo principal

Delegação sindical mundial participa da Assembleia Geral Anual da National Express

13 May 2019

Uma delegação de ativistas sindicais do mundo todo participou da Assembleia Geral Anual (AGA) do grupo National Express para questionar a empresa a respeito suas atividades antissindicais no Marrocos e perguntar por que não se estão mantendo boas relações como em outras partes.

Katie Finn e Jim Glimco (Teamsters, EUA) relataram à AGA que a empresa melhorou suas relações na América do Norte mediante a assinatura de um memorando de entendimento com o sindicato, mas tal progresso foi maculado por recentes ações da Alsa, subsidiária da National Express no Marrocos.

Em fevereiro, a Alsa iniciou uma campanha orquestrada para perseguir ativistas do sindicato UMT, de Tanger, afiliado à ITF. Isto incluiu a demissão do secretário geral do escritório da UMT na Alsa de Tanger, Jamal Al Sharfi, ao passo que diversos outros trabalhadores foram intimidados ou receberam propostas de suborno para deixarem o sindicato.

A delegação na AGA também incluiu Jose Antonio Naranjo Burcio (CCOO, Espanha), James Mitchell (Unite, RU) e Lauren Usher (ITF), que questionaram a empresa com relação à disparidade do tratamento dado no Marrocos em comparação com o dado na Europa e na América do Norte.

Os ativistas falaram diretamente aos executivos da National Express em Birmingham, RU, e a empresa deu garantias de que quer ter boas relações com o UMT no Marrocos e ajudará a facilitar o diálogo.

 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.