Ir para o conteúdo principal

Declaração conjunta de apoio à aviação da IATA e da ITF

22 Apr 2020

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e a Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF) oferecem sua solidariedade às famílias, amigos e colegas dos trabalhadores em transportes aéreos que perderam suas vidas e a todos aqueles afetados pelo vírus e às medidas tomadas para mitigar o seu impacto.

A IATA e a ITF clamam aos governos que assegurem que a proteção dos trabalhadores em saúde que cuidam daqueles com Covid-19 seja priorizada.

A IATA e a ITF também clamam aos governos e autoridades de saúde que organizem cuidadosamente entre si, e com outras indústrias, uma ação harmoniosa e eficaz para proteger a segurança dos passageiros e tripulantes. Para isso, a IATA e a ITF estão trabalhando de perto com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Organização Internacional de Aviação Civil (OACI) e outras organizações-chave, para oferecer orientação, melhor prática e apoio.

Os trabalhadores em transportes aéreos estão desempenhando uma função fundamental nesta crise. Eles estão fazendo esforços extraordinários para manter as cadeias de suprimentos vitais que entregam medicamentos e equipamentos médicos no combate à pandemia e para repatriar pessoas para seus países de origem. Profissionais da aviação que estão de licença se ofereceram como voluntários para prestar assistência médica e ajudar os trabalhadores da saúde na linha de frente desta luta. Isso é motivo de orgulho para todos nós que trabalhamos na aviação.

A pandemia de Covid-19 é uma emergência de saúde global e uma catástrofe econômica. Milhões de pessoas enfrentam graves circunstâncias econômicas com o fechamento de empresas, redução da renda e desemprego. Agradecemos aos governos que tomaram medidas para proteger a renda dos trabalhadores e pedimos que as outras pessoas, não beneficiadas por essas medidas, também sejam assistidas.

Nenhum setor foi tão afetado pela crise econômica como o transporte aéreo.

A demanda global de passageiros aéreos caiu 70% e a previsão é que a receita da indústria proveniente de passageiros será reduzida em pelo menos 252 bilhões de dólares em 2020. A expectativa é de que, só durante o segundo trimestre de 2020, as empresas aéreas consumam 61 bilhões de dólares de suas reservas de caixa. Isso criou uma profunda emergência de liquidez para as empresas aéreas, agravada pelas regras que impõem reembolsos para os passageiros de voos cancelados.

O impacto do quase fechamento de serviços de passageiros ameaça a viabilidade de 25 milhões de empregos que dependem direta e indiretamente da aviação, incluindo empregos nos setores de turismo e hotelaria.

É fundamental que os governos entendam a importância da aviação e apoiem a indústria. Proteger os empregos dos trabalhadores em transportes, durante esta crise, vai garantir que as empresas aéreas possam manter as cadeias de suprimentos globais em funcionamento com serviços de carga aérea e que estarão prontas para liderar a recuperação econômica após a contenção da pandemia.

Assim, a IATA e a ITF solicitam aos governos que deem apoio financeiro e regulamentar imediato às empresas aéreas, para manter a sustentabilidade dos termos e condições dos trabalhadores em transporte aéreo.

Quando o mundo emergir do confinamento, as empresas aéreas e os trabalhadores em transportes aéreos serão fundamentais para impulsionar a economia global. A restauração da conectividade aérea exigirá contingências para as licenças e certificações vencidas. Operações e processos terão que ser adaptados e as restrições de viagem precisarão ser gerenciadas de forma previsível e eficiente. Para que tenhamos sucesso com esses e outros desafios, a indústria, os trabalhadores e os governos precisam estar alinhados.

A indústria aérea que vai reiniciar não será a mesma indústria que ficou paralisada durante o avanço da pandemia. Uma abordagem que envolva diversas partes interessadas será essencial para assegurar um futuro sustentável para a aviação. A ITF e a IATA comprometem-se a convocar reuniões regulares com as partes interessadas e cooperar no engajamento com a OACI. A IATA e a ITF estão trabalhando juntas com um espírito de abertura e cooperação em áreas comuns. Convidamos os governos a se unirem a nós neste esforço.
 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.