Ir para o conteúdo principal

Relatório ‘pioneiro’ salienta papel central das mulheres no transporte público

23 Apr 2019

A ITF lançou um relatório extenso sobre ‘O impacto do futuro do trabalho para as mulheres no transporte público’.

Com foco em cinco cidades, o relatório comissionado pela ITF visa a assegurar que as necessidades e preocupações das mulheres sejam consideradas à medida que o transporte público muda.

Diana Holland, a presidente do comitê da ITF para as mulheres trabalhadoras em transportes, disse: “A pesquisa é pioneira, dado que este é o primeiro estudo que atenta para os impactos particulares da automação e digitalização sobre as mulheres que trabalham em transportes. As 12 recomendações não são apenas relevantes para o transporte público, mas para todas as formas de transporte e para a introdução da tecnologia em toda parte.

“Além disso, o foco nas mulheres no transporte público tende a ser sobre as passageiras e não sobre as trabalhadoras.

“Esta pesquisa nos dá fundamento para assegurar que as questões específicas enfrentadas pelas mulheres sejam refletidas nas políticas, estratégias e ações, tanto em nível global como setorial.” 

Esta animação explica os principais achados do relatório.

Para a ITF, o relatório oferece oportunidades em todos os níveis, incluindo:

  • Fortalecimento da estratégia de “Futuro do Trabalho” da ITF
  • Apoio ao desenvolvimento da politica da ITF sobre a segregação ocupacional baseada em gênero 
  • Fortalecimento do programa Nosso Transporte Público e negociação com tomadores de decisão 

As cinco cidades do estudo – Banguecoque, Bogotá, Cidade do Cabo, Cidade do México, Nairóbi – estão todas introduzindo um novo sistema de transporte público ou estendendo uma rede existente, o que tem implicações significativas para o emprego das mulheres – e suas experiências fortalecem o programa Nosso Transporte Público da ITF. 

A autora do relatório, a Dra. Tessa Wright, é uma pesquisadora acadêmica baseada no Reino Unido e especialista em gênero e sexualidade em indústrias sob domínio masculino, tendo trabalhado com outros pesquisadores em cada uma das cidades.  

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.