Ir para o conteúdo principal

ITF conclama autoridades de aviação do mundo todo a manter no chão a aeronave Boeing 737 MAX 8

15 Mar 2019
Comunicado à imprensa
A Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes (ITF) saúda a recente decisão de manter no chão a aeronave Boeing 737 MAX 8, e conclama todas as autoridades de aviação civil remanescentes a fazer o mesmo, de forma a garantir a segurança tanto de passageiros como de profissionais.

A recente tragédia na Etiópia é o segundo incidente nos últimos seis meses de queda do Boeing 737 MAX 8 e em circunstâncias similares. Estão levantando agora questões sérias a respeito da segurança da aeronave e se ela está apta a prosseguir sua operação.

Muitos sindicatos afiliados à ITF já tomaram ação para proteger seus membros, a exemplo da associação argentina de pilotos APLA, que instruiu seus membros a não voar no MAX 8. A ITF saúda tais ações, postas em prática para proteger os trabalhadores e a população mais ampla que faz voos.

Uma série de autoridades de aviação civil já baniu o MAX 8 do seu espaço aéreo. Estamos conclamando todas as autoridades remanescentes para aderirem a esse banimento como medida preventiva, até que se tenha todo tipo de garantia de que essa aeronave é segura para voar.

Gabriel Mocho Rodriguez, secretário de aviação civil da ITF, disse: “As autoridades de aviação precisam fazer todo o necessário para assegurar que a segurança dos aeroviários e dos passageiros aéreos continue sendo a sua prioridade número um. É também crucial que a investigação leve a todas as ações necessárias para garantir que a aviação continue sendo o mais seguro meio de transporte.”

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <a href hreflang> <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.
  • Web page addresses and email addresses turn into links automatically.