Ir para o conteúdo principal

ITF aplaude exposição feita pela BBC dos abusos cometidos em cadeia de suprimento

20 Mar 2017
A ITF aplaudiu a forma como a BBC expôs a exploração que se dá na cadeia de suprimento da IKEA, que vem após anos de esforços sindicais para que se faça justiça aos caminhoneiros que transportam os produtos da empresa e se traga à opinião pública os abusos cometidos contra eles.

A reportagem, transmitida pela BBC TV, assim como em rádio e internet, mostrou motoristas que vêm sendo mal remunerados, a despeito de trabalharem em países onde a remuneração é melhor e o custo de vida é consideravelmente mais alto, e que ainda por cima comem e dormem em seus caminhões, nas condições mais indignas. 

Uma coalização de sindicatos da ITF tem se esforçado para expor as condições de vida dos caminhoneiros que transportam os produtos da IKEA por diversos países europeus e ao longo de meses. Os sindicatos que têm se mantido ativos nesse sentido, ao longo dos últimos meses, são: BTB (Bélgica), CGT (França), FNV (Holanda), o Sindicato Sueco dos Trabalhadores em Transportes, Teamsters (EUA), TWU (Austrália), Unite the Union (RU), ver.di (Alemanha), 3F (Dinamarca) e o braço europeu da ITF, a ETF. 

Em 23 de fevereiro, os sindicatos agiram para exigir que a IKEA assuma responsabilidade pela exploração em sua cadeia europeia de suprimento rodoviário.

O chefe de transporte terrestre da ITF, Noel Coard, disse: "Há anos que lutamos para que se faça justiça a esses motoristas. Esta é uma reportagem importante a respeito de um problema de uma importância sem igual. Não se pode permitir que prossigam as condições mostradas nas telas. Grandes varejistas como a IKEA devem assumir responsabilidade e dar o exemplo. O que estão esperando?".

Veja a reportagem da BBC.

Saiba mais – procure #therealIKEA nas mídias sociais.

 

Publicar um novo comentário

Restricted HTML

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <cite> <blockquote cite> <code> <ul type> <ol start type> <li> <dl> <dt> <dd> <h2 id> <h3 id> <h4 id> <h5 id> <h6 id>
  • Lines and paragraphs break automatically.