Ir para o conteúdo principal

Além do limite do transporte seguro – aborda o Secretário Geral da ITF

24 Sep 2020
Discurso do Secretário Geral da ITF, Stephen Cotton, no Evento Paralelo de Alto Nível da ONU sobre Covid-19 e Mudanças de Tripulação Marítima, 24 de setembro de 2020.

A ITF e nossos afiliados têm se esforçado por soluções práticas para a mudança de tripulação desde o início da pandemia global, quando os governos implementaram medidas de proteção. Com o impacto nas viagens internacionais, pudemos ver o impacto potencial sobre os marítimos do mundo.

Gostaríamos de agradecer aos nossos parceiros sociais na Câmara Internacional de Navegação e ao Grupo de Negociação Conjunta que representa os armadores, juntamente com o tremendo apoio da OIT e da IMO, no desenvolvimento de protocolos que podem e devem ser adotados para mover marítimos para e dos navios.

Trabalhamos diretamente com os governos dos países como os que aqui estão representados.
Por meio de nossa inspeção mundial, fornecemos apoio e ajudamos milhares de marítimos a serem repatriados.

Infelizmente, isso não é suficiente.

Apesar de todos os nossos esforços coletivos, o problema ainda está aumentando.

Quase 400.000 marinheiros estão agora muito além de seu período de serviço.

Suas dificuldades estão crescendo.

Nossa força de trabalho marítima e o sistema de transporte marítimo internacional estão em um ponto de ruptura.

Muitos marítimos expressaram preocupação sobre as consequências de levantarem suas vozes sobre seu cansaço pessoal e o impacto da segurança da tripulação, do navio e da carga - por medo de perder futuras oportunidades de emprego, comumente conhecida como ‘’lista negra’’. É inaceitável em 2020!

Esta situação inaceitável está beirando o trabalho forçado. Os marítimos e todas as empresas responsáveis, ​​envolvidas nas cadeias de abastecimento globais têm o direito de exigir intervenção governamental urgente para acabar com esta crise.

Parabenizamos empresas como a Unilever por sua liderança e responsabilidade pela saúde e bem-estar dos marítimos e por seu compromisso em ver esta crise resolvida.

A ITF apoiou eventos de alto nível em que os governos elogiaram os marítimos por seu papel crítico durante a pandemia.

Tivemos ótimas declarações, mas as declarações por si só não levam os marítimos para dentro e para fora dos navios.

Precisamos que os governos reconheçam os marítimos como trabalhadores-chave, que prestam serviços essenciais.

Precisamos que os governos forneçam soluções pragmáticas para esse impasse, que só podem acontecer por meio da colaboração ativa entre departamentos governamentais.

Chefes de estado, por favor, eliminem as diferenças entre departamentos. Precisamos que vocês assumam o controle!

Antes de concluir, quero deixar claro que estamos pedindo uma ação sobre a mudança de tripulação, mas precisamos ter certeza de que o transporte e as cadeias de abastecimento globais que dependem dele, não façam da Covid-19 uma justificativa para atalhos que arriscam vidas e o ambiente.

Nosso relatório Beyond the Limit destaca nossas crescentes preocupações em sobre:
• Inspeções remotas;
• Extensões de certificado;
• Níveis mínimos de segurança de tripulação


Sim, é um ambiente muito difícil e novamente elogiamos nossos parceiros por suas ações. Junto com nossos colegas nos escritórios do Secretário-Geral da ONU e do Pacto Global da ONU, devemos permanecer focados e continuar a trabalhar juntos para oferecer soluções que mostrem aos marítimos do mundo que ouvimos seus apelos e resolvemos rapidamente esses problemas inaceitáveis.

A economia global precisa de transporte. O transporte marítimo precisa de marinheiros!

Os marítimos estão cansados ​​e frustrados. Eles simplesmente querem ir para casa.

Finalmente, dizemos " basta é basta".

Esta situação extraordinária precisa de soluções extraordinárias!

Queremos que os governos ajam. Hoje, no Dia Marítimo Mundial.

Obrigado.