Mrt Rally 4
ATIVISTAS DO MRT APOIARAM MARÍTIMOS CANADENSES NO ATO EM MONTREAL

Ativistas “em missão” após Mesa Redonda Marítima da ITF

“Quando eu for para casa, minha missão será motivar e ativar meus companheiros”.

Quem disse isso foi Rosalind Muir, do Sindicato dos Ferroviários e Marítimos da Nova Zelândia (RMTU) no encerramento da Mesa Redonda Marítima, um evento da ITF para ativistas que se deu em Montreal, no Canadá, na semana passada.

Cento e trinta marítimos e portuários de mais de 50 países se reuniram para falar de campanhas e talentos de organização e melhorar seu entendimento sobre campanhas marítimas cruciais, a exemplo da campanha sobre as bandeiras de conveniência.

Viktoriia Kuzmina, do Sindicato dos Portuários da Rússia, declarou o seguinte: “Daqui estou levando 100 novos amigos, todos eles com diferentes experiências, falando idiomas diferentes, mas com a mesma meta: defender os direitos dos trabalhadores”.

Os participantes consideraram a semana inspiradora e empoderadora e reconheceram a importância de traduzir as habilidades adquiridas e a formação recebida em algo prático para os sindicatos em sua terra natal. Harv Grewal, do sindicato ILWU do Canadá, sintetizou isso: “Esta foi uma experiência brilhante e aprendemos muito com ela. Mas agora temos uma grande responsabilidade de levar isto para casa e fazer as coisas acontecerem”.

Os participantes fizeram parte também de um ato na quarta-feira em apoio ao sindicato anfitrião do evento, o Sindicato dos Marítimos do Canadá , que se encontra numa luta contra o CETA, um acordo comercial que se propõe a abrir a indústria marítima dos países a operadores estrangeiros. Saiba mais sobre o ato >>

Vídeos, fotos e relatos sobre a semana compartilhados nas mídias sociais já tiveram mais de 20.000 acessos. Saiba mais olhando buscando em #MRT2016 no Facebook e no twitter.

#MRT2016

 

Inclua seu comentário

Todos os comentários