Sindicato da ITF consegue acordo com a DHL

Um sindicato da ITF do Panamá assinou acordo com a gigante global da logística DHL que trará grandes melhoras para os trabalhadores da empresa.

O acordo de negociação coletiva entre a DHL e o Sindicato Nacional de Trabajadores de la Industria de la Aviación Civil y Similares (SIELAS) garante aos trabalhadores:

  • Representantes sindicais no local de trabalho.
  • Um aumento salarial de  5.5 por cento (a inflação do Panamá foi de 1.2 por cento em fevereiro de 2016).
  • Direito a comprar veículos de que a empresa se desfaça antes dos outros.

No começo do mês a ITF emitiu um relatório sobre os abusos laborais da DHL no Panamá, bem como no Chile e na Colômbia, que incluíam a alegação de que um gestor da DHL revendia veículos da empresa para lucro pessoal.

O secretário geral do SIELAS, Cristóbal Sousa, declarou: “Esta é uma grande conquista para todos os trabalhadores da DHL. Mostra que a organização e a adesão a sindicatos pode fazer com que até empresas antissindicais com a DHL firmem um acordo que respeite os trabalhadores e lhes dê o que eles merecem.”

O acordo se deu após anos de negociação entre a DHL e o SIELAS. Em 2015, a empresa foi até a Justiça para julgar e retardar o processo.

Antonio Fritz, secretário geral da ITF na América Latina, disse que o acordo é apenas o começo e que a ITF continuará trabalhando duro com os sindicatos para que a DHL respeite todos os seus empregados, onde quer que estejam.

Inclua seu comentário

Todos os comentários