Sindicatos globais do setor de entregas falam dos desafios da digitalização e da automação

Representantes de sindicatos, empresas e organizações internacionais de 25 países reuniram-se para discutir os desafios de responder à digitalização e à automação nas cadeias globais de suprimento.

Mais de 70 países reuniram-se em Nyon, na Suíça, em 21 e 22 de novembro, para a reunião da rede global de entregas de ITF/UNI Global Union.

Ativistas trabalharam em grupos conforme as companhias mundiais de logística: DHL, Toll/Japan Post, TNT/FedEx, UPS e Geopost. Eles discutiram estratégias a adotar à luz das fusões, compartilharam melhores práticas na adoção de estratégias de organização e contemplaram a ideia de usar acordos de marco global como estratégia para crescimento sindical.

Deniz Akdogan, assistente sênior das seções de transporte interno da ITF, disse à conferência: "O aparecimento da logística global pôs os trabalhadores de transportes numa posição estratégica na economia globalizada. A coordenação sindical internacional deve ser capaz de entregar ação sindical em pontos de ação chaves ao longo das cadeias de suprimento globais".

"O trabalho que fizemos na DHL é um bom exemplo dessa abordagem conjunta, e o UNI e a ITF estão trabalhando juntos para, com base nisso, encontrar soluções quanto a atores líderes dos setores de correios, logística e transportes”.

O protocolo inovador contemplando DP-DHL, a ITF e o UNI foi estendido até dezembro de 2019. Um dos seus objetivos deve ser implementado em todos os países onde opera a DHL, e deve instruir administradores a que informem os trabalhadores a respeito de direitos fundamentais, liberdade de associação e negociação coletiva.

O chefe das seções de transporte interno da ITF, Noel Coard, disse na conferência que o trabalho da DHL é prioridade para a ITF, e que houve avanço com relação à DHL aderir ao protocolo. Ele acrescentou que eles acolhem o desafio de trabalhar com a DHL para a adoção não apenas do texto, mas do espírito ético contido nele.

 

Inclua seu comentário

Todos os comentários