ITF apoia trabalhadores em impasse no aeroporto de Fiji

A ITF fez coro com sindicatos e trabalhadores do mundo todo e condenou a forma como a Air Terminal Services (ATS) e o governo de Fiji lidaram com o locaute (paralização patronal) que afetou 250 trabalhadores.

A diretoria da estatal ATS está por trás do locaute da tripulação de solo do Aeroporto Internacional de Nadi – incluindo carregadores de bagagem, pessoal de check-in, engenheiros e pessoal de alimentação – que compareceu a uma reunião para discutir a preocupação existente quanto a coisas como má gestão, condições precárias de trabalho, assédio sexual e um congelamento salarial que já dura onze anos.

Paddy Crumlin, presidente da ITF, fez um apelo ao governo de Fiji para intervir e proteger os trabalhadores, incluindo aqueles do sindicato afiliado à ITF Federated Airline Staff Association (FASA): “Não é suficiente que Fiji se apresente como um grande destino para as famílias, que terão as férias de sua vida, quando os trabalhadores continuam sendo atacados e continua-se removendo condições de trabalho decentes nesta indústria que oferece um serviço essencial para a economia de Fiji, que tanto gira em torno do turismo”.

Paddy Crumlin questionou o Primeiro Ministro de Fiji, Frank Bainimarama: “Se quiserem um futuro de longo prazo, e uma relação de longo prazo com seus empregados, os aeroviários e os trabalhadores em transportes do mundo todo, seja magnânimo com essas pessoas no Natal. Demonstre ter verdadeira liderança política sendo parte da solução e não do problema.

“O senhor verá que tanto o turismo quanto a economia de Fiji terão melhor desempenho se, ao contrário de excluí-los, como acontece hoje em Nadi, o senhor incluir os trabalhadores”.

Este impasse já está afetando as operações, com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes da Austrália confirmando relatos de que é solicitado aos passageiros trazer sua própria comida a bordo, e de que se alerta aos viajantes que estejam cientes do locaute antes de agendar voos e hotéis para ir a Fiji.

Inclua seu comentário

Todos os comentários