Juventude trabalhadora de Ásia-Pacífico fortalece redes

A juventude trabalhadora de sindicatos da ITF da região Ásia-Pacífico tem aprendido como construir uma rede de ativistas e jovens líderes, de forma a que possam cumprir um importante papel em realização de campanhas e organização com o fim de obter maiores conquistas.

Dezessete homens e nove mulheres participaram de uma oficina da ITF em Kathmandu, no Nepal, de 31 de julho até 2 de agosto.

Eles partilharam experiências, discutiram os desafios enfrentados pelos sindicatos na região, aprenderam sobre organização sindical e desenvolvimento de liderança e abordaram como jovens trabalhadores poderiam envolver-se mais nas campanhas da ITF. Os tópicos também incluem como superar o desconhecimento da juventude trabalhadora a respeito do que o sindicato pode fazer por eles e estratégias para ativar membros passivos.

Eles expressaram sua preocupação quanto à crescente tendência dos arranjos de trabalho precários, que negam ao trabalhador acesso à previdência e a benefícios no local de trabalho, assim como à possibilidade progredir e desenvolver-se na carreira. Eles discutiram como organizar os trabalhadores em situação de precariedade e a necessidade de envolver-se no debate sobre o futuro do trabalho.  

Assista ao pequeno vídeo feito pelos participantes.

O participante Senom, de Cecilio III, das Filipinas, disse o seguinte: “Os sindicatos sobreviveram à primeira, segunda e terceira revolução industrial. Neste mundo de mudanças rápidas decorrentes da automação, é responsabilidade dos trabalhadores atuais – que serão os líderes sindicais de amanhã – enfrentar os novos desafios trazidos pela quarta revolução industrial. A nossa contribuição quanto a esses assuntos será parte chave do Congresso da ITF em 2018”.

O coordenador da juventude da ITF, Baker Khundakji, comentou que a juventude trabalhadora em transportes está determinada a tornar-se a próxima geração de realizadores de campanhas, organizadores e líderes no âmbito dos sindicatos, e que a ITF irá continuar apoiando o seu crescimento, mantendo a juventude dos transportes como prioridade em sua agenda.

A oficina foi oferecida em cooperação com o sindicato Nepal Yatayat Mazdoor Sangh (NETWON) e o Sindicato Independente dos Trabalhadores em Transportes do Nepal (ITWAN), tendo sido apoiada por Friedrich-Ebert-Stiftung como parte do programa para construir uma rede da juventude trabalhadora da ITF na região Ásia-Pacífico, que seria parte da rede global da ITF de juventude trabalhadora em transportes.

Leia o que outros participantes disseram a respeito.

Envolva-se com outros trabalhadores jovens para causar um impacto ainda maior –junte-se já à rede global da juventude trabalhadora em transportes da ITF.

Acompanhe as últimas notícias a respeito de atividades da ITF com relação ao Dia Internacional da Juventude na mídia social.

Siga as notícias sobre a rede da juventude trabalhadora em transportes no Twitter através de @ITFyouth.

Inclua seu comentário

Todos os comentários